Design Inteligente

Por Paulo Dib


O Design inteligente é a afirmação de que determinadas características do universo existente e dos seres vivos em geral são mais bem explicadas, em sua origem, por uma causa inteligente, ou por uma mente inteligente por detrás de todas as coisas existentes, orquestrando a existência das mesmas, e não por um processo não-direcionado e aleatório como a seleção natural;

A Teoria do Design Inteligente afirma que é possível a inferência concisa de projeto sem que necessariamente haja um conhecimento sobre o projetista, seus propósitos ou ainda sobre os métodos por ele utilizados na implementação do projeto. A referida teoria é uma forma moderna do clássico Argumento Teleológico para a existência de Deus, modificado propositalmente para evitar pormenorizações sobre a natureza ou ontologia do criador. 
Tal modificação foi instituída por um conjunto de criacionistas norte-americanos que reestruturaram o argumento tendo em vista a controvérsia da Criação versus Evolução, de maneira a driblar a legislação dos Estados Unidos, que veementemente  proíbe o ensino de criacionismo como ciência nas escolas.

Seus principais defensores são associados ao Discovery Institute, e crêem, em sua maioria, que o criador é o Deus do Cristianismo. A pesquisa se baseia nas evidências biológicas e não nas consequências das descobertas. Os defensores do Design Inteligente atestam que ele se trata uma teoria científica válida, e buscam redefinir o conceito de ciência para que esta passe a aceitar argumentos que sejam sobrenaturais.

Embora haja o argumento de se buscar sinais de inteligência na criação, sinais de que houve um projeto prévio, independentemente de quem tenha sido o autor do mesmo, a maioria dos defensores do Design Inteligente partem de uma abordagem teísta, sendo a imensa maioria de abordagem teísta cristã.

Aprofundando um pouco mais no assunto, disponibilizo abaixo entrevista recente concedida pelo Dr. Marcos N. Eberlin (Cientista brasileiro) à TV Mackenzie.

Para quem não conhece o Dr. Marcos N. Eberlin e pensa que Criacionismo Científico e Design Inteligente é coisa de gente ignorante, desinformada e obscurantista, aqui vai o modesto curriculo dele: Graduação (1982), mestrado (1984) e doutorado (1988) em Química pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP e pós-doutorado no Laboratório Aston de Espectrometria de Massas da Universidade de Purdue, USA (1989-1991).

Atualmente é professor titular MS-6 da Universidade Estadual de Campinas, na qual coordena o Laboratório ThoMSon de Espectrometria de Massas. Entre seus trabalhos científicos destaca-se a reação que hoje leva seu nome: a Reação de Eberlin.
Orientou vários mestres, doutores e pós-doutores e seu grupo de pesquisa conta hoje com cerca de 45 pesquisadores. Já publicou cerca de 450 artigos científicos (2010) com mais de 6000 citações em áreas diversas da Química e Bioquímica, Ciências dos Alimentos, Farmacêutica e Química dos Materiais.







Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
Cristão Protestante Reformado, membro da 1.ª IPI - Limeira-SP. Graduado em Tecnologia em Processamento de Dados pela FATEC (Unesp). Hoje trabalho como consultor em negócios imobiliários. Pós-graduado em Especialização em Estudos Teológicos, pela Mackenzie (CPAJ). Falo Inglês muito bem e espanhol porcamente. Sou muito bem casado e tenho dois filhos maravilhosos.

Seguidores

Twitter

Ocorreu um erro neste gadget

Siga por e-mail

Sobre este blog